:)

A lembrança é uma parte de nós que é impossivel de esquecer, pois é melhor coisa poder lembrar do momentos inesqueciveis.

26 de outubro de 2010

Desabafo...

Eu quero ser feliz, eu queria que minha vida fosse diferente, queria morar com pessoas que dessem mais valor pra pessoa que sou e posso ser futuramente..queria q meus pais acreditassem mais em meu potencia, em vez de ficar somente criticando-o. Queria um amor pra chamar somente de meu...que me compreendesse e se aceitasse do jeito que sou..Queria multas coisas na minha vida, muitas das delas já tive e as perdi, muitas dessas mesmas coisas ainda estão por vir e fazer uma mudança enorme em minha vida.
Quero somente e somente eu serei muito feliz, independente de com quem for e onde for e como for, só dependemos de nos mesmo para sermos feliz, o que nos trás a felicidade são as pequenas coisas que a vida ao longo do tempo nos trás, são pequenos gestos, pequenas atitudes, boas palavras ditas num silencio de um sorriso, um olhar sincero, um abraço verdadeiro, um beijo incrivelmente puro e honesto.
Pequenas coisas vem com grandes atitudes. Amizades verdadeira são aquelas que nem mesmo a distancia consegue separar, e ter um amigo de verdade é raro, porque nem sempre podemos confiar nas pessoas da maneira que queremos, nem sempre podemos estender a mão que elas se aproveitam pra se agarrar em seus braços e te prejudicar, seja com for, muitas delas se fingem de serem suas amigas pra depois te dar uma rasteira e fazendo com que isso te prejudique, a confiança depois que perdida e que nem vidro quando quebra, nunca conseguirá juntar todos os pedaços e colocar iguais ficando do mesmo jeito, e nós somos assim, eu sou assim. Depois de uma palavra falada e que nem flecha lançada, não da tempo de voltar a trás do que foi lhe dito. Erramos afinal de contas errar e humano, mais certas coisas o “desculpa” não justifica esse erro. 

24 de outubro de 2010

O valor da Esposa...dona de casa...

Um homem chegou a casa, após o trabalho, e encontrou os seus três filho brincando do lado de fora, ainda vestindo os pijamas.
 Estavam sujos de terra, cercados por embalagens vazias de comida entregue em casa.
 A porta do carro da sua esposa estava aberta.
 A porta da frente da casa também.
 O cachorro estava sumido, não veio recebê-lo.
 Enquanto ele entrava em casa, achava mais e mais bagunça.
 A lâmpada da sala estava queimada, o tapete estava enrolado e encostado na parede.
 Na sala de estar, a televisão ligada aos berros num desenho animado  qualquer, e o chão estava atulhado de brinquedos e roupas espalhadas.
 Na cozinha, a pia estava transbordando de pratos; ainda havia café da manhã  na mesa, a geladeira estava aberta, tinha comida de cachorro no chão e até um copo quebrado em cima do balcão.
 Sem contar que tinha um montinho de areia perto da porta.
 Assustado, ele subiu correndo as escadas, desviando dos brinquedos  espalhados e de peças de roupa suja.
 'Será que a minha mulher passou mal?' Pensou.
 Será que alguma coisa grave aconteceu?'
 Daí viu um fio de água correndo pelo chão, vindo do banheiro.
 Lá encontrou mais brinquedos no chão, toalhas ensopadas, sabonete líquido  espalhado por toda parte e muito papel higiênico na pia.
 A pasta dos dentes tinha sido usada e deixada aberta e a banheira  transbordando água e espuma.
 Finalmente, ao entrar no quarto de casal, ele encontrou a mulher ainda de  pijama, na cama, deitada e lendo uma revista.
 Ele olhou para ela completamente confuso, e perguntou:
 Que diabos aconteceu aqui em casa? Por quê toda esta bagunça?
 Ela sorriu e disse:
 - Todos os dias, quando você chega do trabalho, me pergunta:
 '- Afinal de contas, o que você fez o dia inteiro dentro de casa?'
 -'Bem... Hoje eu não fiz nada, FOFO!!!! Sentiu a diferença???

Veja...vale apena

Bah muitooooo bom esse vidiozinhu...vale apena ver..
Mtuito interessante..



video

23 de outubro de 2010

Curioso, certo!?!?!?!


Todo mundo que eu conheço, e que tem um cachorro,
costuma chamá-lo de Rex, Lulu ou algo assim.
Eu botei o nome do meu de "Sexo".


Mas agora, Sexo é muito embaraçoso para mim...
Quando eu fui à prefeitura renovar a licença dele,disse ao funcionário que queria uma licença para Sexo,e ele disse que também queria uma para ele!
Aí eu disse que era para um cachorro,e ele disse que não se importava com o tipo de vida dos outros.
Eu disse: - "Você não entende? Eu tenho Sexo desde os 9 anos de idade." 
E ele replicou: - "Você devia ser um garoto bem precoce!"
Quando resolvi casar, disse ao padre que gostaria de ter Sexo na igreja durante a cerimonia de casamento.

Ele falou que eu teria que esperar a cerimonia acabar.
Eu disse: - "Mas Sexo tem uma grande importância na minha vida. Meu mundo gira em torno de Sexo." Ele disse que não gostaria de ficar ouvindo sobre a minha vida pessoal, e que não nos casaria na igreja dele.
Aí eu contei a ele que todos os familiares e convidados gostariam de ter Sexo na igreja.
No dia seguinte casei apenas no civil. Minha família foi banida da igreja para sempre.
Quando fomos para a lua de mel, levamos Sexo connosco.
Ao chegar no hotel, eu pedi um quarto para minha mulher e eu.
E um quarto especial para Sexo.
O atendente disse que todos os quartos eram bons para sexo.

E eu: - "Você não entende? Sexo me mantém acordado a noite toda!
E ele: - "Eu também!"
Um dia inscrevi Sexo numa competição, mas ele sumiu.

Um outro competidor perguntou o que eu estava procurando, e eu disse que gostaria de ter Sexo na competição.
Ele disse que eu estava na competição errada.
Por favor, implorei, “Eu quero ter Sexo na TV”!
Ele chamou os segurança, que me puseram para fora.
Quando me divorciei, fomos ao fórum, brigar pela custódia do cão.


Eu disse: - Meritíssimo,
eu tinha Sexo antes do casamento, mas ele me abandonou depois que casei.
O Juiz lamentou: - "Comigo ocorreu o mesmo..."
Ontem à noite Sexo fugiu de novo.

Procurei durante horas, até que um policial perguntou o que eu estava fazendo na rua às 4:00 da manhã.
Eu disse que estava procurando por Sexo.
Meu caso vai a julgamento semana que vem...
Bem, agora eu estou na cadeia, divorciado, com mais problemas com o cachorro do que eu poderia imaginar.
Quando fui à primeira sessão com o psiquiatra, ele perguntou qual era o meu problema.
E eu disse: - Sexo sempre foi meu melhor amigo, porto da minha vida.
Mas, agora ele me abandonou, e sem Sexo eu estou tão sozinho que não tenho mais razão para viver.
E o doutor:
- Sexo não pode ser o melhor amigo de um homem.
Por que você não compra um cachorro?




Descontrair no Sabadoo...


Riscos laborais derivados de posições incorrectas










MORAL
Não importa a posição que adoptes no teu trabalho.
No final, vão-te sempre foder



22 de outubro de 2010

Incrivel...

A Loucura resolveu convidar os amigos para tomar um café em sua casa.
Todos os convidados foram. Ap
ós o café, a Loucura propôs:
- Vamos brincar de esconde-esconde?
- Esconde-esconde? O que
é isso? -
perguntou a Curiosidade.
- Esconde - esconde
é uma brincadeira. Eu conto até cem e vocês se escondem.
Ao terminar de contar, eu vou procurar, e o primeiro a ser encontrado
ser
á o próximo a contar.
Todos aceitaram, menos o Medo e a Pregui
ça.
-1,2,3,... - a Loucura come
çou a contar.
A Pressa escondeu-se primeiro, num lugar qualquer.
A Timidez, t
ímida como sempre, escondeu-se na copa de uma árvore. A Alegria correu para o meio do jardim.
J
á a Tristeza começou a chorar, pois não encontrava um local apropriado para se esconder.
A Inveja acompanhou o Triunfo e se escondeu perto dele de baixo de uma pedra. A Loucura continuava a contar e os seus amigos iam se escondendo.
O Desespero ficou desesperado ao ver que a Loucura j
á estava nonoventa e nove.
- Cem - gritou a Loucura. - Vou come
çar a procurar.
A primeira a aparecer foi a Curiosidade, j
á que não agüentava mais querendo saber quem seria o próximo a contar.
Ao olhar para o lado, a Loucura viu a D
úvida em cima de uma cerca sem saber em qual dos lados ficar para melhor se esconder. E assim foram aparecendo a Alegria, a Tristeza, a Timidez...
Quando estavam todos reunidos, a Curiosidade perguntou:
- Onde est
á o Amor?
Ningu
ém o tinha visto.. A Loucura começou a procurá-lo.
Procurou em cima da montanha, nos rios, debaixo das pedra
s e nada do Amor aparecer.
Procurando por todos os lados, a Loucura viu uma roseira, pegou um pauzinho e come
çou a procurar entre os galhos, quando de repente o uviu um grito.
Era o Amor, gritando por Ter furado o olho com um espinho!
A Loucura n
ão sabia o que fazer. Pediu desculpas, implorou pelo perdão do Amor e até prometeu segui-lo para sempre. O Amor aceitou as desculpas...
Hoje, o Amor
é cego e a Loucura o acompanha sempre.